sábado, 19 de janeiro de 2013

Livro 35 - Habacuque

Autor:  Habacuque
Época: Cerca de 612 a 588 a.C.
Local:   Reino de Judá.

O profeta Habacuque viveu na mesma época em que viveram os profetas Naum e Sofonias. Foi nesse tempo, no ano 612 antes de Cristo, que os babilônios derrotaram os assírios e se tornaram o império mais poderoso do mundo. O profeta vê o perigo que o seu povo corre e não entende como é que Deus pode tolerar os babilônios, um povo mau e cruel.

Deus responde que virá o tempo em que Ele castigará os inimigos do povo de Israel e que o profeta espere com paciência, confiando na justiça divina. Os maus serão castigados, e aqueles que são fiéis a Deus viverão.

Hoje, a maioria das pessoas não costuma mais fazer imagens de madeira e de pedra para adorar, mas muitos curvam-se diante de ídolos como o dinheiro e o poder.

O livro termina com uma oração, em forma de salmo, em que Habacuque louva a grandeza de Deus e ao mesmo tempo mostra a sua fé nEle.

Esboço:

As queixas de Habacuque e as respostas de Deus - caps. 01.01-02.04
Os babilônios serão castigados - cap. 02.05-20
Oração de louvor a Deus - cap. 03

Personagens a destacar:

HABACUQUE – Conhecia o valor de fazer perguntas para obter esclarecimento. Contemporâneo de Ezequiel e Jeremias, reconhecia a imoralidade do povo e o desrespeito à Lei. Ainda assim, questionou o plano de Deus de castigar o povo. Depois de receber a confirmação da justiça do Senhor, sua queixa transformou-se em um cântico de confiança em Deus.

Líderes ímpios de Judá – Os líderes ímpios de Judá rebelaram-se abertamente contra Deus, perverteram a justiça e oprimiram os justos. Desde a adoração de ídolos e sacrifício de crianças até os assassinatos e alianças ímpias com outras nações, os líderes de Judá em tudo conduziram o povo à desobediência e por conta disso, atraíram o castigo de Deus sobre si.

JEOACAZ – Filho mais novo do rei Josias, foi escolhido pelo povo para suceder ao pai no trono. Mas depois de apenas três meses no cargo, Jeoacaz foi exilado no Egito pelo resto de sua vida.

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário