domingo, 14 de agosto de 2011

Homenagem ao Dia dos Pais


Como pai que sou, creio que a melhor homenagem que um Pai pode receber é o amor de seu(s) filho(s) que se traduz em obediência, reconhecimento e respeito. Por isso, nesse dia dedicado aos pais, creio que uma simples, mas sincera homenagem ao Nosso Pai, por toda a grandeza de Seu Amor e Sua maravilhosa Graça para conosco é lembrarmo-nos de como Seu Filho, o Nosso Senhor Jesus, o Cristo de Nazaré, nos ensinou.

Ele, como ninguém mais, deu o exemplo maior de amor e obediência ao Deus Pai, Todo Poderoso, que nos ama incondicionalmente e estará sempre presente em nossas vidas, mesmo que, ingratos e rebeldes como somos, nos esqueçamos dEle frequentemente.


Mateus, capítulo 06:
“... Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará. E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.

Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém.]

Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas.

... Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir? (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.)  Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso. Mas buscai primeiro o Seu reino e a Sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.”

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário