domingo, 31 de julho de 2011

Livro 28 - Oséias


Autor:   Oséias.
Época:  Cerca de 753 a 715 a.C.
Local:   Reino do Norte, Israel.

O livro de Oséias ilustra de modo profundo e marcante o amor de Deus por nós. O amor divino é incondicional, mas também é marcado pela santidade. Por isso, Deus tem em mente para nós coisas melhores que as que nós mesmos escolhemos. Precisamos tomar a decisão de voltar para Deus, o Amante de nossa alma, sempre que nos afastarmos dEle.

O profeta Oséias anunciou a mensagem de Deus ao povo de Israel, o Reino,  depois do tempo do profeta Amós e antes da conquista da cidade de Samaria pelos assírios em 721 antes de Cristo. Oséias avisa aos israelitas que Deus vai castigá-los por estarem adorando ídolos. Mas Deus não os abandonará e estará sempre pronto para salvá-los.

O fato de não conhecer a lei de Deus não isentou Israel das consequências de decisões tolas. Em questões morais – como em qualquer outro empreendimento – quem se nega a aprender o que é certo sofrerá os efeitos de fazer o que é errado.

A experiência dolorosa do profeta com a sua esposa levou-o a descrever a entre Deus e o povo de Israel como a de um marido fiel e a sua mulher infiel. Israel foi infiel a Deus quando começou a adorar os ídolos, os deuses falsos. Deus está irado e castigará Israel. Mas o amor de Deus não tem fim, e ele não pode rejeitar o Seu povo. Deus diz: "Israel, como poderia eu abandoná-lo? Como poderia desampará-lo?...O meu coração está comovido, e tenho muita compaixão de você" (11.8).

Esboço:
Oséias, a sua esposa e os seus filhos - caps. 01-03
Mensagens contra Israel - caps. 04-13
Apelo ao arrependimento e promessa de salvação - cap. 14

Personagens a destacar:

Oséias – Profetizou em Israel durante uma época de prosperidade material e decadência espiritual. Os problemas conjugais de Oséias capacitaram-no a sentir um pouco de aflição que Deus sentia pelo seu povo infiel, mas a exortação do profeta acerca do castigo divino e do grande amor de Deus pouco mudou a atitude do povo em virtude do coração endurecido pelo pecado.

Gômer – Era a esposa de Oséias. Seu adultério físico contra o profeta era comparável ao adultério espiritual de Israel contra Deus. Mesmo sabendo que estavam transgredindo a lei de Deus com sua infidelidade, tanto Gômer quanto Israel endureceram o coração com o pecado, quebraram a aliança de compromisso e romperam o relacionamento com quem os amava.

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário