quinta-feira, 30 de junho de 2011

Personagens Bíblicos: 025 - Jônatas


JÔNATAS

Normalmente, o filho do rei faz tudo para chegar ao trono do pai. Jônatas, porém, não era assim. Era um príncipe que queria ver outra pessoa à frente do reino. Por quê? Por entender que Deus havia escolhido outro homem, e não ele, para ocupar o trono de seu pai.

Nada melhor para testar o compromisso de um líder com Deus que a percepção de que Deus tem a intenção de rebaixá-lo na hierarquia para elevar outra pessoa. A devoção a Deus – e também a Davi – ocupava o lugar central no coração de Jônatas quando ele foi visitar o esconderijo do futuro rei de Israel.

Exausto e deprimido, Davi encontrara refúgio no deserto de Zife. De algum modo, Jônatas encontrou o amigo. Nesse último encontro entre os dois, Jônatas deu a Davi o que este mais precisava – palavras que o ajudaram a encontrar forças em Deus.

Em primeiro lugar, ele lembrou a Davi os planos de Deus. O Senhor dissera a Davi que um dia ele seria rei (1SM 16.12, 13). Talvez o jovem pastor tenha imaginado que seria conduzido ao poder rapidamente. Ou talvez imaginasse que ele e o rei Saul seriam aliados – amigos íntimos, até. A vida de Davi, porém, não seguiu nenhum desses caminhos. Em vez disso, o rei, furioso e ciumento, passou a persegui-lo, tentando tirar-lhe a vida. Em seu esconderijo no deserto, Davi parecia ter perdido a confiança na promessa de Deus. Jônatas, no entanto, assegurou-lhe que o plano de Deus seria executado.

Depois, Jônatas renovou seu compromisso com Davi, na forma de uma aliança. No início dessa amizade, depois que Davi matou Golias, haviam feito um pacto semelhante (1SM 18.01-04). Jônatas lembrou Davi de que nem a adversidade nem o ódio de Saul mudara aquele relacionamento.

Enquanto Jônatas se afastava do amigo e desaparecia na escuridão, a confiança de Davi em Deus foi renovada. Jônatas conseguira o que somente os verdadeiros amigos e os líderes habilidosos sabem fazer – demonstrar seu compromisso com palavras de encorajamento.

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário