segunda-feira, 28 de março de 2011

Livro 16 - Neemias


Autor:   Neemias. Provavelmente editado por Esdras.
Época:  445 - 425 a.C.
Local:   Jerusalém.

Em um contexto de adversidade, a liderança segundo a Bíblia requer a sabedoria e a coragem resultantes de inteira dependência para com Deus.

O livro apresenta vários princípios de liderança e lições concernentes à confiança diária em Deus, a despeito de qualquer oposição ou transtorno. Neemias também nos mostra que a condição espiritual do povo diante de Deus é a chave para a condição política e social diante do mundo.

O livro de Neemias pode ser dividido em três partes:

1. A história da reconstrução das muralhas de Jerusalém, dirigida por Neemias, que foi mandado pelo rei da Pérsia para governar Judá. Neemias realizou também várias reformas sociais e religiosas.

2. A leitura, por Esdras, da Lei de Deus e a confissão de pecados pelo povo.

3. Outras atividades de Neemias como governador de Judá.

Neemias sempre dependeu de Deus e foi um homem de oração.

Esboço:
Neemias volta para Jerusalém - caps. 01-02
A reconstrução das muralhas de Jerusalém - caps. 03-07
A leitura da Lei e a renovação do acordo - caps. 08-10
Outras atividades de Neemias - caps. 11-13

Personagens a destacar:

Neemias – Acreditava no poder da oração e da perseverança. Com oração constante e regular, bom senso, discursos empolgantes e planejamento brilhante, esse político temente a Deus incentivou os israelitas a concluir a reconstrução dos muros de Jerusalém, apesar de severa oposição. Sua liderança inspiradora produziu resultados: o projeto foi concluído em apenas 52 dias.

Sambalate – Era movido por inveja. Quando a promoção que tanto almejava foi concedida a Neemias, valeu-se da ridicularização, das ameaças e das insinuações para desaboná-lo, mas sem sucesso.

Tobias – Governador dos amonitas, considerou a reconstrução dos muros de Jerusalém uma ameaça direta ao seu poder e à sua influência. Todas as suas maquinações para interromper a obra fracassaram, e isso fez diminuir, em vez de solidificar, sua proeminência e sua autoridade.

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário