quarta-feira, 23 de março de 2011

Livro 14 - 2Crônicas


Autor:   Provavelmente Esdras, o sacerdote.
Época:  971 - 538 a.C.
Local:   Judá.

O Segundo Livro das Crônicas, que é a continuação do Primeiro Livro das Crônicas, começa com a narração dos acontecimentos do reinado de Salomão em Israel e Judá.

O livro diz respeito ao santuário em Jerusalém como símbolo das promessas da aliança de Deus, destacando a presença do Senhor no meio de Seu povo e a adoração como chave para a existência e sobrevivência de Israel. É um lembrete solene a todos nós de que, se não fizermos de Deus a prioridade de nossa vida, nossa adoração se tornará fria e não teremos prazer nas bênçãos divinas.

Depois da morte do rei Salomão, a nação se dividiu em dois reinos, o do Norte e o do Sul (cap. 10). Daí em diante, conta-se a história de Judá, o reino do Sul, até a queda de Jerusalém no ano 586 antes de Cristo, quando os judeus foram levados como prisioneiros para a Babilônia.

O livro termina falando do decreto de Ciro, rei da Pérsia, que deixou que os judeus voltassem para Jerusalém e reconstruíssem o Templo. Nos ensina também que Deus opera de forma soberana nos bastidores da história humana. Nenhum líder que se oponha aos Seus propósitos prosperará.

Esboço:
O reinado de Salomão - caps. 01-09
   a. Os primeiros anos - cap. 01
   b. A construção do Templo - 02.01-07.10
   c. Os últimos anos - 07.11-09.31
A revolta das tribos do Norte - cap. 10
Os reis de Judá - 11.01-36.12
A tomada de Jerusalém - 36.13-23

Personagens a destacar:

Asa – Obedeceu a Deus, aboliu a idolatria e conduziu o povo de maneira bem-sucedida e em paz durante dez anos. Porém, quando questionado por causa da sua aliança profana com o rei da Síria, ficou irado, defendeu sua decisão e rejeitou a correção de Deus. Com isso, seu reinado caiu em ruína.

Uzias – O sucesso de Uzias nas campanhas militares, os esforços pela reconstrução e sua capacidade de organização levaram-no a superestimar a própria importância – ele usurpou a função dos sacerdotes. O castigo de Deus foi rápido, e Uzias passou os últimos anos de sua vida sozinho, tornando-se um pária afligido pela lepra.

Josafá – Reconheceu a necessidade de orientação divina ao deparar-se com grandes obstáculos. Mas não admitia que a orientação de Deus era necessária em todas as decisões. Sem a luz divina, no entanto, decisões aparentemente insignificantes podem resultar em sérios embaraços.

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário