segunda-feira, 21 de março de 2011

Livro 12 – 2Reis


Autor:   Possivelmente Jeremias.
Época:  852 - 560 a.C.
Local:   Israel e Judá.

Líderes egoístas, que põem os interesses pessoais acima dos propósitos de Deus e das necessidades do povo, tornam-se mordomos infiéis cuja influência avilta as pessoas, em vez de edificá-las.

O Segundo Livro dos Reis é a continuação da história dos dois reinos israelitas. Conta a triste história do declínio e queda de Israel e Judá. Contém muito mais exemplos negativos que positivos para nossa instrução e mostra repetidas vezes que quem abandona a Deus por causa de interesses mesquinhos jamais encontrará o que está buscando.

Este livro começa onde a história parou em 1Reis. O livro de 2Reis pode ser dividido em duas partes:

1) A história dos dois reinos, desde o ano 850 antes de Cristo até a queda de Samaria e o fim do Reino do Norte, em 721 antes de Cristo.
2) A história do Reino de Judá, desde a queda do Reino de Israel até a conquista e destruição de Jerusalém pelo rei Nabucodonosor, da Babilônia, em 586 antes de Cristo.

O livro termina com a história de Gedalias como governador de Judá e conta como o rei Joaquim foi libertado da prisão na Babilônia.

A queda dos reinos de Israel e de Judá acontece porque os reis e o povo são infiéis ao Deus Eterno. A destruição de Jerusalém e a ida de grande parte do povo de Judá para o cativeiro marcam um momento decisivo na história israelita.

Esboço:
O Reino dividido - caps. 01-17
   a. O profeta Eliseu - 01.01-08.15
   b. Os reis de Judá e de Israel - 08.16-17.04
   c. A queda de Samaria - 17.05-41
O Reino de Judá - caps. 18-24
   a. De Ezequias a Josias - caps. 18-21
   b. O reinado de Josias - 22.01-23.30
   c. Os últimos reis de Judá - 23.31-24.20
A queda de Jerusalém - cap. 25

Personagens a destacar:

Eliseu – Substituiu Elias como profeta de Deus em Israel. Enquanto Elias passou boa parte da vida em confrontos com a ímpia elite governante de Israel, Eliseu ministrou a pessoas comuns de várias nações. Sua vida ilustra o impacto tremendo de um líder-servo inteiramente comprometido com Deus.

Naamã – Comandante militar arameu, era leproso. Sua relutância em aceitar uma receita pouco convencional para a cura de sua doença quase o fez perder a benção de Deus.

Atalia – Era filha de Acabe e Jezabel e mulher do rei Jeorão de Judá. Lembrada como uma das mulheres mais perversas e idólatras da Bíblia, assassinou os próprios filhos e a maioria dos netos para manter o controle do trono do reino do Sul.

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário