sábado, 19 de março de 2011

Livro 10 - 2Samuel


Autor:   Desconhecido. 
             Provavelmente foi compilado antes do cativeiro assírio do reino do Norte, Israel (722 a.C.)
Época: 1010 - 970 a.C.
Local:  Reinado de Davi em Hebrom e em Jerusalém.

2Samuel é a continuação de 1Samuel. Neste livro se conta a história de Davi, que foi rei primeiro de Judá, no Sul (capítulos 01-04). Depois ele foi rei de toda a nação, incluindo Israel, no Norte (capítulos 05-24).

2Samuel narra as lutas de Davi contra os inimigos de dentro e de fora, para se firmar no poder e para estender o seu reino.

O livro concentra-se na vida e no caráter de Davi, que está na metade da linhagem entre Abraão e Cristo. A paixão de Davi por Deus é um exemplo para nós. Embora houvesse se desviado do caminho algumas vezes, sempre retornava para o Senhor seu Deus, pois era homem de profunda fé e devoção a Deus.

Como líder foi capaz de conquistar a lealdade do seu povo, embora ele tenha cometido pecados de crueldade e violência, que a Bíblia não esconde. Porém, quando Natã, o profeta, apontou a Davi os seus pecados, ele os confessou e aceitou o castigo de Deus.

A vida e as realizações de Davi impressionaram tão profundamente o povo que, mais tarde, nos tempos de angústia, quando precisavam de outro rei, eles pediam "um filho de Davi". Desejavam um rei descendente de Davi, que fosse igual a ele.

Um dos mais vívidos exemplos bíblicos de intenções mal interpretadas é descrito em 10.01-05. Isso nos lembra que há sempre a necessidade de compreender o quadro geral antes de reagir a uma situação aparentemente negativa.

Esboço:
Davi governa Judá - caps. 01-04
Davi governa Judá e Israel - caps. 05-24
   a. Os primeiros anos - caps. 05-10
   b. Davi e Bete-Seba - caps. 11.01-12.25
   c. Problemas e dificuldades - caps. 12.26-20.26
   d. Os últimos anos - caps. 21-24

Personagens a destacar:

Davi – Foi o maior rei de Israel. Sob sua liderança, as doze tribos de Israel, frouxamente conectadas, tornaram-se uma nação poderosa. Embora suscetível à tentação e à culpa por pecado grave, Davi amava a Deus. Admitiu abertamente seus erros e arrependeu-se de seus pecados.

Joabe – Foi o comandante do exército de Davi. Apesar de ter sido brilhante estrategista militar e guerreiro valente, sua vida foi marcada pela violência, pela vingança e pelo egoísmo, que por fim o levaram à morte.

Natã – Em obediência a Deus, corajosamente colocou em risco sua posição e a amizade com o rei ao confrontá-lo com a realidade do pecado que este cometera com Bete-Seba.

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário