segunda-feira, 14 de março de 2011

Livro 05 - Deuteronômio


Autor:   Moisés (34.01-12 provavelmente escrito por Josué)
Época:  1406 a.C.
Local:   As planícies de Moabe.

Deuteronômio resume as lições aprendidas no êxodo e durante a peregrinação de Israel no deserto. O livro convida os crentes de hoje a andar no caminho sábio da santidade, reforçando a verdade de que, no longo prazo, a desobediência à Palavra de Deus sempre é mais dolorosa que a obediência.

No livro de Deuteronômio estão os discursos que Moisés fez quando o povo de Israel estava na terra de Moabe, a leste do rio Jordão. Depois de terem caminhado quarenta anos pelo deserto, os israelitas estavam prontos para atravessarem o Jordão e tomarem posse da terra de Canaã.

Nesses discursos Moisés faz o povo se lembrar do que Deus havia feito quarenta anos, como os havia livrado da escravidão do Egito e os havia levado pelo deserto para a Terra Prometida. Ele manda o povo obedecer a Deus e cumprir a sua parte do acordo que Deus havia feito com eles e avisa que serão castigados se forem desobedientes.

Moisés entrega novamente os dez mandamentos e fala da importância do primeiro mandamento, que ordena que o povo de Israel adore somente o Eterno, o Deus dos seus antepassados. Moisés também chama a atenção do povo para as outras leis e ordens que devem governar a vida dos israelitas.

Finalmente Moisés escolhe Josué para ficar no seu lugar e, à ordem de Deus, sobe o monte Pisga, de onde vê a terra de Canaã, no outro lado do rio Jordão. Ali no monte morre Moisés, o maior de todos os profetas de Israel.

Acima de tudo o livro de Deuteronômio mostra o amor que Deus tem pelos israelitas. O Deus Eterno os escolheu para serem o seu povo. Portanto, eles devem amá-Lo e obedecer aos Seus mandamentos para que continuem a receber as bênçãos de Deus na terra onde vão morar.

A passagem-chave do livro se encontra em 06.04-06. Ali está o mandamento que chamou o mais importante de todos: "Amem o Eterno, o nosso Deus, com todo o coração, com toda a alma e com todas as forças."

Esboço:
O primeiro discurso de Moisés - 01.01-04.43
O segundo discurso de Moisés - 04.44-28.68
O terceiro discurso de Moisés - caps. 29-30
Os últimos conselhos de Moisés - caps. 31-32
A bênção de Moisés - cap. 33
A morte de Moisés - cap. 34

Personagens a destacar:

Moisés – Foi um dos maiores líderes da história. Embora tivesse sido treinado na corte do Egito para ser determinante na liderança, seu instinto reacionário levou-o a cometer erros muito sérios. O tempo e a obediência a Deus fortaleceram e aprimoraram sua natureza. E, como líder designado por Deus, pastoreou de maneira bem-sucedida os israelitas, do Egito à Terra Prometida.

Josué – Era o assistente mais confiável de Moisés e mais tarde foi seu sucessor. Estrategista militar brilhante, foi um dos espiões que se infiltraram em Canaã. Somente ele e Calebe discordaram do relatório dos espiões e recomendaram a tomada da terra em obediência à ordem de Deus (Nm 13 e 14). Depois da morte de Moisés, Josué exortou o povo a servir a Deus e, através do Jordão, comandou a entrada dos israelitas na Terra Prometida.

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário