segunda-feira, 14 de março de 2011

Livro 04 – Números


Autor:   Moisés
Época:  1446 a 1406 a.C.
Local:   Do Monte Sinai às planícies de Moabe.

Este livro destaca a santidade de Deus e alerta quanto ao perigo de desonrá-Lo com a incredulidade. Além disso, ensina-nos que, sem perspectiva eterna, iremos viver pelo que vemos, e não pela fé, sem disposição para correr os riscos próprios da obediência.

Chama-se Números porque nele há duas contagens do povo: a primeira, feita quando os israelitas saíram do Egito (cap. 01); e a outra, feita quarenta anos mais tarde, antes de entrarem na terra de Canaã (cap. 26).

No período entre as duas contagens, os israelitas chegaram até Cades-Barnéia, no sul de Canaã, porém não conseguiram entrar por ali na Terra Prometida. Eles passaram muitos anos nessa região e depois foram até a zona montanhosa que fica a leste do rio Jordão. Uma parte do povo ficou ali, e a outra se preparou para atravessar o rio Jordão e entrar na Terra Prometida.

O livro de Números é a história de um povo que muitas vezes ficou desanimado e com medo diante das dificuldades e que se revoltou contra Deus e contra Moisés, o homem que Deus escolheu para ser o líder deles. É também a história da fidelidade de Deus, do seu cuidado constante para com o seu povo, que muitas vezes era fraco e desobediente. Este livro fala da firmeza de Moisés, que às vezes perdia a paciência, mas sempre mostrava ter um espírito de dedicação a Deus e ao seu povo.

Esboço:
Os israelitas se preparam para sair do monte Sinai - caps. 01-09
      a. A primeira contagem do povo - caps. 01-04
      b. Várias leis e regulamentos - caps. 05-08
      c. A segunda Páscoa - cap. 09
Do monte Sinai até Moabe - caps. 10-21
O que aconteceu em Moabe - caps. 22-32
Resumo da viagem do Egito até Moabe - 33.01-49
Deus prepara o povo antes da travessia do rio Jordão - 33.50-36.13

Personagens a destacar:

Eleazar – Era filho de  Arão e, quando o pai morreu, assumiu a vaga de sumo sacerdote – uma das posições mais em evidência e de maior tensão e responsabilidade em Israel. No entanto, estava rodeado de mentores tementes a Deus e de vida exemplar, que o ajudaram a ministrar de maneira bem-sucedida aos israelitas quando estes entraram na Terra Prometida.

Balaão – Intencionalmente sacrificou seus princípios por lucro financeiro. Subornado pelo rei de Moabe para amaldiçoar Israel, tolamente tentou pôr em prática o plano, mesmo sabendo que Deus se opunha a isso.

Corá – Levita respeitado, rebelou-se contra a cadeia de autoridade instituída por Deus. A rebeldia contra os lideres ungidos por Deus em circunstância alguma é aceitável, e o Senhor castigou-lhe a insurreição com a morte.

As filhas de Zelofeade – Desafiaram de forma respeitosa a tradição da herança em Israel. Pela espontaneidade em expressar seu desejo, abriram um precedente para todas as mulheres de Israel.

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário