terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Planejamento a Longo Prazo 04de05

Liderança sugere movimento. “Para onde estamos indo?” é a pergunta que todo seguidor responsável deve fazer e a que todo líder responsável deve responder. Mas como reunir coragem para convocar seguidores se ninguém pode saber o futuro com alto grau de certeza?

“Ai dos filhos obstinados”, declara o Senhor, “que executam planos que não são meus, fazem acordo sem minha aprovação, para ajuntar pecado sobre pecado, que descem ao Egito sem consultar-me, para buscar proteção no poder do faraó, e refúgio na sombra do Egito. Mas a proteção do faraó lhes trará vergonha, e a sombra do Egito lhes causará humilhação. Embora seus líderes tenham ido à Zoã e seus enviados tenham chegado a Hanes, todos se envergonharão por causa de um povo que lhes é inútil, que não traz ajuda nem vantagem, mas apenas vergonha e sombaria”. (IS 30:01-05)


Os lideres de Israel tinham um plano. Sem dúvida, parecia-lhes ótimo no papel, mas haviam negligenciado um componente fundamental na equação – Deus. Não perguntaram se seu projeto cabia na vontade revelada de Deus.

Não importa se a palavra da hora é “planejamento”, “previsão”, “prognóstico” ou outra coisa, o líder sabe que se trata apenas de uma tentativa. É inevitável a conjectura, pois ninguém consegue enxergar além do agora. Mas infeliz a organização cujos líderes não fazem projeções para o futuro, não estabelecem alvos, não prevêem oportunidades e obstáculos e se negam a planejar hoje a estratégia com base nos resultados previstos para amanhã.

Há um passo fundamental que o líder pode dar enquanto considera o futuro de sua organização. Ele pode – e deve – perguntar a si mesmo e às pessoas de sua equipe se os valores, visão, propósito, plano estratégico de ação e resultados estão em conformidade com o que Deus revela em Sua Palavra a respeito da ética e da justiça. Os planos expressam dependência de Deus? O uso que a organização pretende fazer dos recursos inclui a formação de pessoas? Existe a proposta séria de honrar o compromisso fundamental dos acionistas do empreendimento? A redação final do projeto honra a Deus ou ignora Sua existência?

Na próxima vez em que sua equipe se reunir para planejar, leia novamente Isaías 30:01-05 e mantenha em mente as palavras do profeta.

Pesquisa [publicações Ed Vida]

Em Cristo
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário